fbpx
A dimensão do pecado

A Dimensão do Pecado

“O Pecado é um desafio à justiça de Deus, um roubo à sua misericórdia, um zombar de sua paciência, um desprezo ao seu poder e um desdém ao seu amor”. John Bunyan

Quantas pessoas pecam deliberadamente contra Deus e não tem a mínima noção do que está fazendo, da real dimensão que uma simples decisão em pecar tem diante de Deus.

Talvez você que está lendo esse artigo seja um desses cristãos que não fazem o mínimo esforço contra o pecado ou então já cansou de lutar e agora se entregou ao pecado deliberadamente. Sinceramente, espero que você não seja um desses!

Fato é que John Bunyan escreveu uma definição perfeita sobre o pecado e pretendo discorrer sobre ela neste artigo.

O Pecado é um desafio à justiça de Deus

“Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus.” Romanos 10:3

Deus é um juiz justo e soberano, com poder para julgar todos nós e fará isso no dia do juízo. Segundo suas leis, qualquer homem é condenado a morte eterna pelo não cumprimento dela, mesmo que seja apenas um item. Para o não cumprimento dessas leis, Deus chamou de PECADO.

Apesar de ser justo Deus aplicar sua justiça a qualquer momento sobre quem ele quiser, ainda assim, não faz por causa do seu amor por nós.

Por isso, quando pecamos voluntariamente desafiamos a justiça de Deus. Penso que seria como assaltar alguém na frente de um policial, dentro de uma delegacia.

O Pecado é um roubo à sua misericórdia

Deus é conhecido por sua grande misericórdia. Entendo a misericórdia de Deus como um “plus” além da Graça. Explicando melhor, a Graça já é suficiente para cobrir os tropeços do homem pecador. Porém, quando peca-se deliberadamente, não é um tropeço. Dessa forma o pecado torna-se uma iniquidade, uma afronta velada a Deus. No momento que dá-se conta disso a busca passa a ser pelo perdão e misericórdia de Deus.

A escritura nos diz que as misericórdias de Deus se renovam a cada manhã (Lamentações 3:22-23). Todos os dias Deus coloca à disposição sua misericórdia para que o pecador possa seguir a diante fazendo agora a coisa certa.

Portanto, quem vive no pecado rouba a misericórdia de Deus todos os dias, pois busca na intenção de abandonar o pecado, mas não o abandona de fato.

O Pecado é um zombar da sua paciência

Pense comigo… Se você tivesse um filho que todo dia dissesse que vai fazer o dever da escola, mas não fizesse. Você teria paciência com ele?

O pecador recorrente faz exatamente isso com Deus. Sua paciência em dar, vez por vez, chances para correção da caminhada e um andar segundo sua vontade.

As escrituras apontam a grande paciência de Deus com Israel, mas a constante desobediência e rebeldia zombavam da paciência Daquele que os escolheu como seu povo.

Pecar é zombar da paciência porque é dizer na cara dele que não está nem aí para as oportunidades que Ele está dando.

O pecado é um desprezo ao seu poder

Deus é o todo poderoso, capaz de trazer sofrimentos inimagináveis ao pecador como promete que acontecerá aqueles que forem rejeitados por Ele no dia do juízo. Como o próprio John Bunyan ilustra na sua famosa pregação “Pecadores nas mãos de um Deus irado”; O pecador caminha sobre uma fina camada de gelo rachado com um ardente fogo abaixo dela, onde seus pecados o deixam cada vez mais pesado e o único que pode salvá-lo é um Deus que está muito irado com ele.

O Deus todo poderoso odeia o pecado e tem TODO o poder para punir de forma rigorosa. Desprezar esse poder é de tamanha irresponsabilidade, mas é exatamente isso que faz quem peca deliberadamente.

O Pecado é um desdém ao seu amor

Finalmente o mais triste de tudo o que o pecado representa… o desdenho ao amor de Deus. Um Deus que com tão grande amor, salvou pecadores, inimigos de si mesmo dando seu único filho para levar sobre as costas todo o pecado da humanidade. A escritura fala que o amor de Cristo nos constrange porque Ele morreu por nós, sendo nós ainda pecadores, inimigos Dele (Romanos 5:7-8).

Qual homem teria coragem para dar um filho pela vida de um amigo? Talvez não apareça ninguém para tal feito. Porém, Deus deu não por amigos, mas por INIMIGOS Dele.

Pecar é um desprezo total por tão grande amor.

Que Deus lhe conceda Graça para resistir ao pecado até o limite das suas forças porque você foi comprado pelo alto preço do sangue de Jesus, de forma que a partir de então você não viva mais uma vida de pecado, mas uma vida santa e redimida, dedicada totalmente aquele que lhe amou mais que a própria vida.

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

(Visited 699 times, 1 visits today)

Comentários do Facebook

Post anterior
O prazer do serviço
Próximo post
Viva a Vida com Significado

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

1 Comentário. Deixe novo

  • Rosimere Ribeiro Dos Santos
    12 de julho de 2019 12:05

    Hoje me veio esse tema em minha mente: Dimensão do pecado, pensando aqui comigo se para Deus há pecado leve ou sem muita importância ou se há pecado muito pesado sem a chance de perdão… Para Deus pecado é sempre perdoável desde que se tenha arrependimento vindo do coração. Parabéns pela matéria.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.