espada-pelo-senhor

Espada Pelo Senhor!

Atualmente, nossa espada não é mais uma arma física, como nos tempos de grandes guerreiros de Deus, como Josué, Gideão e Davi, por exemplo. A espada que devemos levantar hoje é a do Espírito, que é a Palavra de Deus.

Por muitos anos, temos convivido com lobos devoradores, que distorcem o Evangelho para dar ao povo o que querem ouvir e, assim, conseguirem multidões de seguidores, que por sua vez, lhes dão cada vez mais dinheiro e poder. Claro que sempre houve um remanescente fiel ao Senhor, que nunca se dobrou a essas coisas e permaneceu pregando a verdade das Escrituras. Contudo, diante dos sinais que se avolumam e das circunstâncias, que parecem nos levar muito rápido para o aparecimento do anticristo e para a volta de Jesus, chegou a hora da batalha final. E não há relativizações a fazer no sentido de só haver dois lados para se estar. De um lado, estão os que amam e anunciam a Palavra conforme a Bíblia (com diferentes correntes teológicas dignas de respeito à parte). Do outro, todo resto. Inclusive os que usam o Nome de Jesus e dizem pregar a Palavra dEle, mas distorcem tudo, promovendo algum evangelho falso. Além daqueles que, por não amarem a verdade e sim o que gostam de escutar, os seguem.

Entenda, porém, que o fato de haver dois lados, não significa que nossa luta é contra essas pessoas. Não. Não lutamos contra carne e sangue. As armas da nossa guerra não são carnais, mas poderosas em Deus para destruir fortalezas. Que fortalezas são essas? O texto de 2 Coríntios 10:4-5 continua e explica: as fortalezas a serem destruídas não são as pessoas, mas os conselhos e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, que dominam as mentes e corações de tais pessoas.

Vejam os sinais. O tempo está próximo. O Espírito Santo toca a trombeta e chama todos os genuínos filhos de Deus a levantar Espada pelo Senhor. O que significa levantarem suas vozes para pregar e orar, além de viver segundo as Escrituras. Você vai atender ao chamado ou tem coisas mais importantes para fazer?

No fundo do coração de todo cristão verdadeiro não há espaço para essa história de fugir dessa luta. Crentes cheios do Espírito Santo amam lutá-la. Todos os remidos sabem que são parte do exército de Cristo e se emocionam ao pensar nisso suficientemente incendiados pela Palavra. Sabemos que servimos ao Senhor dos exércitos. Até em nossa fraqueza somos mais fortes, pois a Graça do nosso Salvador nos basta. Sabemos que, ao fim, não importa se vivemos ou morremos nesta terra, pois porque Ele venceu, também venceremos. Ele nunca foi derrotado, nem quando se entregou para morrer na cruz. Ninguém tirou Sua vida, Ele a deu porque quis. Nós também jamais seremos derrotados, mesmo que passemos pelos piores tipos de dor e sofrimento nesta vida, como foi com o apóstolo Paulo.

É claro que todos têm receio de sofrer ou sentir dor, não há como negar. E as batalhas inevitáveis para quem é realmente cristão neste mundo caído, estão cheias disso, de diversas formas. Só que o verdadeiro soldado de Cristo sabe que por mais terríveis que as tribulações nesta vida possam ser, não se comparam com a glória que neles há de ser revelada. São muito poucos os que realmente se enquadram no que estou falando, eu sei. Contudo, essa é a realidade da diferença numérica esmagadora dos que dizem servir a Jesus para os que realmente o fazem. Os reais servos dEle, podem até ter percalços, tropeçar em dificuldades com o pecado, demorar dias, meses ou anos para se posicionar de forma correta na batalha, mas eles o farão, porque não é por força própria que conseguem, mas pela operação do Senhor em suas vidas. O verdadeiro cristão não teme que sua vida aqui seja consumida, como a de nossos irmãos, que foram transformados em tochas e usados para iluminar as ruas de Roma, desde que isso glorifique a Deus e eleve a bandeira de Seu general, Jesus Cristo, bem alto.

Muitas vezes, reclamamos dos desafios, problemas e tribulações pelos quais passamos, mas eles nos moldam para que diante do combate, estejamos sempre atentos e prontos, tanto para vencer o pecado, quanto para anunciar o Evangelho a tempo e fora de tempo, orando sem cessar e guardando o testemunho de Jesus Cristo.

Não importa em que lugar você more ou em que denominação congregue, somos uma só Igreja. Portanto, devemos lutar o bom combate lado a lado, como membros do Corpo de Cristo. Isso de crente super ungido e melhor do que seus irmãos não existe. Os que pregam mentiras assim não entendem nada da Espada que empunhamos, a Palavra de Deus. Assim como cada soldado em um exército, cada nascido de novo desempenha um papel vital. Esses, nunca desistem, pois não são daqueles que retrocedem.

Com cada um fazendo o melhor de si e o Senhor à frente, podemos ter certeza de que nada e ninguém pode nos derrotar, pois ainda que possamos sofrer e até morrer nesta vida, nada pode nos separar do amor de Deus, que está em Jesus Cristo, nosso Senhor.

Estes são os últimos dias. Dias maus. E você tem um trabalho a fazer! Se conhece o verdadeiro Evangelho, ouça a voz do Senhor a frente de Seu exército e vá para sua sua posição.

Nos destacamentos das tropas do Rei dos reis, não pode haver egoísmo de alguns querendo se destacar mais do que seus irmãos. Pelo contrário, o maior será o menor. Sabe-se que tudo que temos e somos deve estar a serviço dEle, para que Ele seja glorificado, não importando o que se tenha que perder para isso. Afinal de contas, para o cristão, quando se perde é que se ganha.

E não importa se você é pastor ou não. Se tem muitos dons ou não. Se tem talentos naturais importantes ou não. Você é parte da Igreja do Senhor, portanto, do Seu exército, e deve fazer o melhor que puder, nas condições que tenha, para cumprir a missão que do alto lhe foi dada. Todos são importantes. Os missionários e ministério sérios, por exemplo, só podem continuar porque há intercessores orando e mantenedores enviando recursos.

Um dia, todos iremos para casa, na Nova Jerusalém, mas enquanto estamos nesta terra, estamos em guerra! Contra o pecado, contra satanás e seus demônios e contra todo conselho e altivez que se levantam contra o conhecimento de Deus. Então, lutemos! Espada pelo Senhor é pregar, orar e viver conforme as Escrituras. Avancemos no poder do Espírito, em Nome de Jesus Cristo, e o Pai fará sua obra nos corações que ouvirem o Evangelho.

O que não dá mais para aceitar é que, diante do cenário do fim dos tempos se emoldurando, com tanto engano sendo pregado em terrível apostasia, os verdadeiros cristãos fiquem parados e não peguem suas espadas do Espírito para assumirem suas posições no exército do Messias. Como já foi dito, não podemos levar todos a Cristo, mas podemos levar Cristo a todos.

E você, vem conosco ou está apegado demais ao mundo?

Junta-se a nós, no seu pelotão, ou acha que é sempre responsabilidade do irmão ao seu lado?

Vai continuar escondido, malhando trigo no lagar, ou se levantará contra os midianitas, em Nome do Senhor?

Com amor, nEle, que levanta a voz diante de Seu exército e como vencedor, vem sem demora,

Pr. Raphael Melo

Já tem todos os meus livros??? bit.ly/2olLWqA

Comentários do Facebook

Post anterior
Prólogo + Introdução + Capítulo 1 (Livro Mais Vendido)

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu