fbpx
filme-contagio-covid-19

O Filme Contágio Previu a COVID-19?

Artigos
Nenhum comentário

Perdi as contas do número de perguntas que recebi sobre isso. Então, vou responder o que penso.

Lembro que assisti a esse filme, há uns três ou quatro anos, com minha esposa. Parando para lembrar dele, vejo como era inevitável que a pergunta do título surgisse. Será que a obra, lançada em 2011, fez uma previsão sobre o que está acontecendo agora?

Um vírus novo surge na China, vindo provavelmente de um animal, e se espalha rapidamente pelo mundo. Os sintomas da nova doença, causada pelo vírus MEV-1, são parecidos com o de uma gripe. Milhares de pessoas morrem em uma velocidade assustadora, enquanto governos e órgãos de saúde tentam, ao mesmo tempo, conter o contágio e encontrar remédios e vacinas. No meio disso tudo, fronteiras fecham, as pessoas passam a ter severas restrições para circular nas ruas e as prateleiras dos mercados começam a se esvaziar.

Se trocarmos a sigla MEV-1 pela Sars-Cov-2, a descrição acima não parece um relato fiel do que está acontecendo agora no mundo? No entanto, ela é um resumo do filme Contágio, lançado há cerca de nove anos.

Não é segredo para quem pesquisa sobre o assunto de forma séria, atendo-se aos fatos e deixando os exageros das teorias de conspiração fantasiosas de lado, que há uma agenda globalista sendo implementada no mundo, por gente muito rica e poderosa. Ao fim, o que desejam é um governo mundial, que dite os rumos legais, econômicos e até religiosos de todos os países.

Se olhamos os sinais a volta e compararmos com o que nos dizem as Escrituras, fica claro que estamos nos aproximando, cada vez mais, da volta de Jesus. Contudo, mesmo que não possamos afirmar que isso acontecerá em nossa geração, essa agenda globalista, junto dos acontecimentos dos últimos vinte anos, não formam um cenário muito condizente com as profecias bíblicas sobre o anticristo e seu governo mundial? No início, provavelmente por estar diante de um mundo assustado e mergulhado no caos, por conta de epidemias, fomes, desastres naturais e guerras, o poder é tomado sob o argumento de salvar a humanidade, trazendo paz e segurança. Depois, a verdadeira essência maligna é totalmente revelada e inicia-se um controle rígido sobre todos os povos, além de uma perseguição nunca antes vista contra qualquer um que diga servir a Cristo. Em quanto tempo será, eu não sei. Mas de que o mundo parece caminhar a passos largos para isso, não tenho dúvidas.

Calma. Já voltarei ao filme. Só preciso terminar de contextualizar o que vou dizer.

Uma ferramenta muito conhecida por quem estuda técnicas de manipulação de massas é um tipo de programação comportamental prévia (prefiro não dar o nome técnico para não complicar). Ela consiste em dizer antecipadamente, de forma sutil, o que será feito no futuro, para que, quando o previsto ocorrer, as pessoas já terem sido sugestionadas a pensar e reagir conforme a vontade dos manipuladores. Para isso, com satanás por trás, é claro, pessoas que trabalham em prol do globalismo, usam revistas (pesquise sobre as capas da The Economist), notícias, pronunciamentos de autoridades (procure sobre líderes falando da nova ordem mundial nos últimos anos), livros, séries, filmes, dentre outras formas de comunicação.

Agora sim, voltemos ao filme Contágio. Na minha opinião, ele não é uma previsão mística do que está acontecendo agora, mas uma produção intencional de quem sabia o que ia acontecer, como parte de uma estratégia de manipulação, visando garantir que a população reaja do jeito que querem os que trabalham por um governo global. Se você assistir à obra, verá que o blogueiro independente (pessoa comum) é o vilão disseminador de Fake News, enquanto os órgão oficiais de saúde, como a OMS e o CDC, são os heróis. Assim, as pessoas foram sugestionadas a só acreditar nesses órgãos, desprezando qualquer coisa que outros disserem, por mais verídicas que sejam. Não estou dizendo que não há pessoas bem intencionadas em governos e órgãos oficiais, mas é fato que quanto mais caminhamos para o fim, mais todas as engrenagens deste mundo servirão ao espírito do anticristo e, portanto, menos poderemos confiar em qualquer uma delas.

Outro exemplo de ferramenta usada por quem deseja manipular massas e que provavelmente será usada pelo espírito do anticristo é o de criar um problema, para, depois, oferecer a solução. E isso está antecipado, por exemplo, no filme V de Vingança, onde um grupo totalitário se aproveita dos efeitos de um vírus criado como arma biológica para assumir o poder na Inglaterra.

Falei bastante sobre as preparações que parecem ocorrer no mundo para o governo do anticristo no primeiro volume da trilogia Aniquilação, que lancei em 2018 (falando de epidemia, dois anos atrás), e falarei ainda mais no segundo, que lanço neste ano. Há coisas que só podem ser ditas se contidas em uma história ficcional, pois se ditas claramente, é muito improvável que se consiga publicá-las. Quem ler, estiver atento, pensar um pouco e se interessar em pesquisar, vai entender.

Enfim, minha opinião sobre o filme é essa. Para mim, foi uma ferramenta de programação mental prévia.

Para finalizar, é vital ressaltar que, por mais que o diabo tenha seus planos e use, para isso, os poderosos deste mundo (quer saibam ou não estar servindo às trevas), Deus jamais foi, é ou será surpreendido. Ele está no controle de todas as coisas e nada acontece sem que haja Sua permissão. Ou seja, qualquer plano, humano ou maligno, só vai a frente se o Eterno Soberano permitir. E se é a Ele que você serve, descanse, exulte e olhe para o alto, pois sua redenção está próxima.

Com amor, nEle, que morreu, ressuscitou, subiu aos céus e em breve voltará, Jesus Cristo, nosso Senhor,

Pr. Raphael Melo

Já conhece meus livros??? bit.ly/2olLWqA

(Visited 152 times, 1 visits today)

Comentários do Facebook

Post anterior
Ficar ou Não em Casa?
Próximo post
Celular Monitorado é Novidade?

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu