fbpx
crente-ou-cristao

Você é Cristão ou Só Crente?

Posso aproveitar que você está temporariamente longe da maravilhosa comunhão na igreja (organização), para falar um pouco sobre o que é ser Igreja (Corpo de Cristo)?

Sei que muito já foi e ainda é pregado, ensinado e escrito sobre isso. Em nosso site mesmo, há um ótimo artigo do Pastor Luciano Thomé, tratando do assunto. No entanto, creio que esse tempo longe dos cultos presenciais seja uma ótima oportunidade para refletirmos um pouco, medindo-nos a nós mesmos, conforme a régua da Palavra de Deus. Vem comigo?

Ser crente é crer. Acreditar. No contexto bíblico, crer que Deus existe e é único. Adentrando pelo Novo Testamento, crer que Jesus Cristo é o Filho de dEle, que morreu para salvar pecadores e ressuscitou ao terceiro dia. Tenho certeza que, se você se considera cristão, nesse teste você passou. Mas só isso não basta. Como nos ensinam as Escrituras, nessas coisas, o diabo e seus demônios também acreditam. E tremem. Aqui, então, a situação começa a ficar estranha para milhões dos que estão em igrejas pelo Brasil.

Crer em Deus é necessário para ser salvo, claro. Mas, como eu já disse, está longe de ser o bastante. Veja se não há gente dentro das igrejas, em certo sentido, pior do que os demônios. Os seres malignos creem que existe um só Deus e tremem diante disso e dEle. Mas quantos são os homens e mulheres que se dizem cristãos, chamam Jesus de Senhor, levantam as mãos para cantar e orar, mas não têm o mínimo temor diante do Soberano e Santo Deus em quem dizem crer? Nesse sentido, o diabo e seus anjos caídos estão “melhores” que tais pessoas, visto que eles, apesar de rebeldes e contrários ao Senhor, temem e tremem diante dEle. Possuem reverência. Não reverência por amor e respeito, como deve ser a nossa, como de filhos amados para com o Pai, mas têm por saberem quem Ele é e que pode fazer o que quiser, quando quiser, como quiser, quando quiser, com quem quiser e do jeito que quiser.

Sua crença no Eterno não lhe traz tremor e temor, gerando reverência, em amor, diante da Sua santa presença? Você não tem consciência de que se não fosse por conta da justiça de Cristo imputada em você, em troca de seus pecados, que foram imputados sobre Ele, você seria desintegrado ao se apresentar, com suas iniquidades, diante do Deus que é três vezes santo? Se não, é provável que você não seja um verdadeiro cristão. Não é seu caso? Louvado seja Deus. Mas continue lendo, até o fim. Até porque, tenho certeza que você desejará compartilhar esse texto com todos os seus amigos e irmãos.

Ser cristão é ser um imitador de Cristo. No sentido literal da palavra, é ser um “cristozinho”, ou seja, alguém que, mesmo em suas imperfeições, procura ser como Ele e andar como Ele andou, por meio da operação do Espírito Santo. Para isso, é preciso crer. Sim, é verdade. Mas só crer, no sentido que descrevi no início, não basta, pois o mesmo se refere apenas a acreditar. Para ser cristão verdadeiro, você precisa crer de forma salvífica. Isto é, entender o Evangelho. Ter percebido sua condição desesperadora de pecador e corrido para Cristo, apegando-se a Ele e implorando perdão, recebendo, assim, sua preciosa Graça. Os que creem nEle dessa forma, são os santos chamados na Bíblia de crentes. Eles não só acreditaram. Eles creram no Evangelho e o trazem marcado em suas próprias vidas diárias. E que marca do Evangelho é essa que carregam? São imitadores de Cristo, “cristozinhos”, cristãos. Suas atitudes cotidianas (não só quando alguém está olhando) mostram se são árvores boas ou figueiras só com folhas (aparência de cristão), mas sem frutos (prova de que se é realmente cristão). Pelo fruto se conhece a árvore. Não foi o que Jesus nos ensinou?

Falei muito disso no meu livro DENTRO DA IGREJA E LONGE DE DEUS. Se puder ler, será de grande valia para aprender mais sobre a diferença de só frequentar uma igreja para o que é ser Igreja e, portanto, cristão verdadeiro. Contudo, espero que este texto lhe faça refletir, aproveitando esse momento de quarentena, quando você está distante dos cultos presenciais. Você é Igreja (Corpo de Cristo) e por isso congrega em uma igreja (organização e comunhão)? Ou você acha que pode vir a ser Igreja (Corpo de Cristo), só por frequentar uma igreja (organização)?

Pense nisso.

Se você é mesmo cristão, entendeu a importância desse texto e o compartilhará com muitos. Mas se descobriu que tem apenas acreditado, isto é, sido crente, sem ser cristão, não deixe para mudar isso amanhã, pois pode ser tarde. Arrependa-se e creia no Evangelho. Se precisar de ajuda, envie um mensagem ao ministério Muros do Evangelho e haverá irmãos e pastores prontos a lhe auxiliar.

Dentre os que confessam o Nome de Jesus, você é um que só acredita ou também O imita? Vive para Cristo, porque um dia creu para salvação ou só creu com mente e emoção e mudou de religião?

À pergunta que dá título a este texto, não posso responder. Só quem ler poderá. E então, você é só crente ou cristão?

Com amor, nEle, em quem cremos e por isso vamos sendo transformados, conforme a Sua imagem, dia após dia,

Pr. Raphael Melo

Já conhece meus livros??? bit.ly/2olLWqA

(Visited 744 times, 1 visits today)

Comentários do Facebook

Post anterior
Foi Isso Que Deus Disse?
Próximo post
Tesouros Feitos de Amor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.