fbpx
Crianças em Cristo

Crianças em Cristo

“Irmãos, não lhes pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a crianças em Cristo. Dei-lhes leite, e não alimento sólido, pois vocês não estavam em condições de recebê-lo. De fato, vocês ainda não estão em condições, porque ainda são carnais. Porque, visto que há inveja e divisão entre vocês, não estão sendo carnais e agindo como mundanos?” I Coríntios 3:1-3

Nosso País tem uma multidão de evangélicos que cresce em número a cada dia. Porém, a quantidade desses que conhecem, de fato, o Evangelho é bem reduzida e os que vivem o Evangelho de Jesus ainda mais.

O Evangelho é muito grande para caber dentro das quatro paredes de uma denominação cristã e, ao mesmo tempo, muito simples a ponto de caber dentro do coração de cada cristão que realmente decide vivê-lo.

Tenho percebido, quando escuto ou vejo crentes, que falta realmente uma consciência do que é o Evangelho. As pessoas querem o benefício do Evangelho, mas sem ao menos conhecê-lo. Dessa forma, como alguém pode receber o benefício do Evangelho se não conseguiu entendê-lo?

É estarrecedor observar a gritaria insana nos cultos cheio de carnalidade proporcionado por crentes só se alimentam de leite porque são infantis demais no conhecimento do Evangelho para receber alimento sólido, com bem disse Paulo no texto base desse artigo.

São crianças totalmente alienadas que celebram uma vitória quem nem sabem contra o quê estão celebrando e nem os benefícios que ela traz. Isso me lembra um tempo onde meu pai me levava ao Maracanã e eu, de tão pequeno que era, olhava para o campo e não tinha a menor noção do time que eu estava torcendo. A única coisa que eu sabia era gritar gol, quando meu pai gritava.

Infelizmente é assim que a maioria dos cristãos vivem. A maioria dos nossos cultos são assim. Crentes inconsequentes e falastrões, “cheios de autoridade” e vivendo vidas derrotadas. Para o mundo eles até podem ser vitoriosos, mas para Deus estão pobres, cegas e nuas (Apocalipse 3:15-18).

Elas defendem o Evangelho que não conhecem. Pensam no Evangelho como os quatro primeiros livros descritivos sobre Jesus no novo testamento ou quem sabe o novo testamento todo. Para elas o Evangelho é um livro, quando na realidade Jesus nunca escreveu livro algum e nem pediu para que algum fosse escrito, apenas disse “siga-me”.

O Evangelho é para ser aprendido, compreendido e aplicado no caminho, que é Jesus e a grande maioria não sabe nem o que é isso.

Vivendo assim, recebem um batismo discutindo se deve ser por imersão ou aspersão. Recebem acesso à ceia e acham que isso traz uma qualificação mágica ao indivíduo. Defendem a bandeira da sua denominação ou nome do Pastor como uma torcida organizada religiosa e fica dizendo que crê no Evangelho sem nem saber o que é.

O que vejo é uma vida cristã religiosa, sem graça e sem a Graça. O Evangelho não traz a esses nenhum benefício prático a não ser a retórica em dizer “sou salvo e os outros não porque não frequentam o meu clube de salvação”.

O resultado disso é o medo da morte quando a doença chega. A velhice vem e a amargura também. Um filho morre e perde-se a fé. Se sofre um acidente e fica aleijado, passa a olhar a vida com tristeza e com raiva do céu pelo resto da vida. Os problemas naturais da vida vem contra e ele pergunta “Porque?”. Por fim, quanto mais o tempo passa vai ficando pior de forma que o “evangelho” que diz conhecer e viver em nada lhe ajuda, só o deixa mais amargurado e estragado.

O Evangelho da cruz vem para salvar você dessa vida espiritual cauterizada pelo egocentrismo de uma vida carnal. Portanto, desejo que você aceite esse Evangelho, pois ele é libertador. Senão será ridículo ter acesso ao tesouro e morrer como mendigo à porta do castelo.

Então meu convite é para que você entre, é de graça, a mesa é farta e até as migalhas que caem dessa mesa tornará você alguém que será benção para o reino de Deus e as pessoas à sua volta.

(Esse artigo foi baseado num áudio que recebi do Pr. Caio Fábio)

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

(Visited 481 times, 1 visits today)

Comentários do Facebook

Post anterior
Conhecer, Entender e Viver
Próximo post
Aprovação de Deus como Alvo

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

1 Comentário. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.