Viver Para Deus

Artigos
5 Comentários

Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. II Coríntios 5:14-15

Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim. Gálatas 2:20

“Digo-lhe a verdade: Quando você era mais jovem, vestia-se e ia para onde queria; mas quando for velho, estenderá as mãos e outra pessoa o vestirá e o levará para onde você não deseja ir”. João 21:18

Esses três textos, que por sinal falam da mesma coisa, refletem e muito, o que tenho vivido.

Sempre fui acostumado a ter controle da minha vida, planejar tudo, tomar decisões e fazer as coisas conforme eu achava melhor.

Antes eu agendava viagens com antecedência e planejava minha vida para o futuro com a certeza de quem a controlava. O meu egocentrismo me fazia viver de forma a permitir Deus interferir na minha vida só nos momentos que eu queria, da forma que eu queria e daí, Deus ficava longe.

Hoje uma simples visita à família ou amigos, um encontro de negócios, uma simples saída para um lazer não está mais no meu controle. Durante meu processo de aprendizado, vez por outra tive que cancelar esses compromissos e muitos em cima da hora por ordem de Deus.

Talvez alguém me pergunte: Por que isso agora? Você já é convertido a mais de 10 anos. Pois é… Apesar de tanto tempo, só de uns tempos para cá decidi realmente sair do controle. Antes minha vida era Dele só no discurso, mas agora é de fato Dele.

Finalmente, agora entendi que Ele é o centro e não eu. Eu vivo para Ele e não o contrário. Com isso, alinhei a minha vontade com a vontade Dele pra mim e essa experiência é indescritível.

Entendi que o isolamento ao qual Deus me levou, me fez conhecê-Lo mais e pude refletir mais da Sua vida em mim.

O bom disso tudo é a experiência maravilhosa que vivo. Sentir Deus pertinho, conduzindo tudo e ter a certeza de ser o melhor caminho, não tem preço. Afinal, Deus me ama e sabe o que é melhor pra mim.

Aprender a confiar e deixar o curso com Deus é algo que assusta em alguns momentos, mas a cada experiência, reforço a certeza que Deus sabe o que faz. Como está sendo maravilhoso!

Ah! Se as pessoas entendessem que depender de Deus é o melhor que pode acontecer com elas.

Agradeço a Deus por me escolher e confiar seu Evangelho a mim. Agradeço por tamanho amor refletido na persistência em me fazer chegar até aqui. O amor de Deus nos constrange!

Meu desejo, se assim for preciso, é gastar toda a minha vida para ganhar cada vez mais a Cristo. Que eu, mesmo sendo um vaso de barro, totalmente frágil, possa carregar a excelência do poder de Deus dentro de mim, para manifestar às pessoas a Glória desse Deus único, vivo, eterno e tão maravilhoso.

Ao meu Senhor, meu Cristo, meu Jesus, Rei da glória, Nome sobre todo nome… A Ele toda a minha adoração e amor.

Pr. Luciano Thomé

Comentários do Facebook

Post anterior
Apesar de Tudo, Deus Tem Nos Amado
Próximo post
Crente X Cristão

Posts Relacionados

5 Comentários. Deixe novo

  • Ola paz de Cristo. Como viver na dependência total do senhor? Preciso aprender isso. Vivo triste, sem esperança, sem perspectiva, sem sonhos e com muito medo do futuro. Medo do que esperam minhas filhas. Me ajude em oração. Obrigada.

    Responder
    • Olha Ana!

      O próprio texto dá as dicas. rs

      O primeiro passo é no coração. Não vai adiantar fazer exteriormente. Não vai durar muito tempo.

      É preciso sair do controle mesmo. Para isso, tem que haver uma busca intensa para saber corretamente a vontade de Deus para sua vida. Não é perguntar aos outros … é vc e Deus. Dessa forma já vai te forçar a ter comunhão com o Senhor.

      Todos nós, que um dia nos rendemos ao Senhor, precisamos entender que não vivemos mais nossas vidas, mas a vida de Deus em nós.

      Entender isso, apesar de simples, é complicado. Todo o tempo somos bombardeados por pregações e conselhos que nos levam a buscar as coisas desse mundo (bom emprego, casa, carro, riqueza, boa vida, “felicidade”, …). É claro que não há problema em desejar essas coisas, desde que a motivação do coração seja glorificar a Deus. Buscar essas coisas por elas mesmos tornam-se vaidade.

      Não é melhor buscar o Reino e deixar que Deus trate dessas coisas? Se houver propósito Dele, certamente Ele nos dará e nem precisaremos nos preocupar com isso. Faremos o que for preciso na hora que Ele mandar e acontecerá naturalmente.

      É isso que tenho aprendido … confiar em Deus de verdade. Não só com os lábios, mas com o coração que geram atitudes. A atitude só acontece de fato quando acreditamos no coração. Contudo, a fé é importante nesse processo, pois sem ela é impossível agradar a Deus.

      Sei que é difícil, pois tive essa dificuldade. Porém, posso te garantir que ao dar o primeiro passo, você vai ver que Deus cuida e essa experiência vai te dar confiança para confiar ainda mais e daí pra frente.

      A mesma coisa é sobre suas filhas. Davi disse: “Nunca vi abandonado um justo , nem sua descendência a mendigar o pão”. Deus cuidará das sua filhas certamente. Ensine elas a andar nos caminhos do Senhor, confiar Nele e o resto Deus faz.

      O importante é ter vida com Deus e aí você vai ver que o resto é realmente o resto. rs

      Enfim … acho que é isso.

      Paz!

      Pr. Luciano Thomé

      Responder
  • Vania Nunes da silva
    29 de maio de 2015 07:26

    Forte esta palavra. De uns tempo para cá pastor, não consigo orar mais e nem jejuar. Estou fraca, muito fraca. Preciso de ajuda. Perdi minha família, meu esposo, minha casa, minha filha, uma serva do Senhor, mas por causa de um rapaz me abandonou. Não tive sabedoria nenhuma e afastei mais ela de mim. Ontem, na minha mente, é beber e fumar. Quantas vezes parei num bar, dirigindo sem rumo, com vontade de fumar ou até acabar com minha vida. Por mais que eu saiba que não terei salvação é o que fica martelando em minha mente. Perdi tudo, até a vontade de viver. Meu ex-marido ainda acha que a culpa é minha, por me tornar evangélica. Sabe pastor, não sei o que fazer. Não consigo orar, fui roubada de todas as formas. Estou endividada, sem esperança.
    Que o Senhor venha a ter misericórdia da minha alma.

    Responder
    • Olá Vania!

      Posso sentir no meu coração o que você está passando. Infelizmente, cura na alma, só Cristo pode resolver. Isso é bom, pois Cristo resolve todas as coisas.

      Pelas suas palavras, percebo duas coisas: culpa e fuga. Sente-se culpada pelo cenário de desgraça que permeia sua vida e, talvez, porque seja consequência de algumas atitudes suas. Daí com essa culpa instalada você busca fuga na bebida, cigarro e na morte.

      Antes de te propor um caminho para você sair disso tudo e achar alegria na sua vida, quero te falar algumas coisas:

      1) Deus lhe ama, sabe o que é melhor para você e QUER que você viva esse melhor. No início pode não parecer o melhor até porque essas curas de alma não são imediatas, levam um tempo mesmo. Por isso é preciso ser perseverante.
      2) Por mais besteira que você tenha feito, havendo arrependimento, Deus LHE PERDOA e você precisa crer nisso no coração. Só assim você vai eliminar a culpa. Erros servem para aprendermos com eles e não para carregá-los com culpa por toda a vida.
      3) A fuga nunca vai resolver o problema, na verdade, só vai gerar mais culpa. Deus quer tratar você, mas é necessário parar de fugir e encarar as coisas com persistência.
      4) Não conseguir orar e jejuar é fruto da culpa e fuga. O diabo é muito astuto nesse aspecto. Ele bombardeia você para não deixar você se sentir perdoada por Deus e portanto a culpa permanece. A bíblia é clara em dizer que “Deus não despreza um coração quebrantado e contrito” (Salmos 51:17). Fala ainda que se “confessarmos nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos purificar de TODA injustiça” (1 João 1:9). O diabo bloqueia para que você não receba isso no teu coração. Com isso, com culpa, você não consegue orar. Aliás, ninguém consegue! Leia todo o Salmo 32. Davi fala que enquanto ele não confessou seu pecado, os seus ossos secaram por dentro. É a culpa! Uma vez confessado ele foi renovado pelo perdão de Deus.

      Uma vez entendido isso, você precisa tomar as atitudes.

      A primeira atitude é no coração! Nunca tente mudar externamente (fazendo coisas) achando que isso vai mudar teu interior. É o inverso! O desejo de sair dessa situação tem que brotar no seu coração, isso só Deus pode te dar e te garanto que Ele quer. Busque o Senhor não para mudar a situação, mudar pessoas ou outra coisa qualquer. Busque o Senhor para que Ele mude você no coração. Se derrame diante Dele e insista até conseguir.

      Não fique ansiosa em orar e falar muitas coisas. Fale pouco, mas fale com o coração. Deus sabe todas as coisas até antes mesmo que você fale. Se tiver que começar do zero, faça! Não consegue orar muito, ore pouco muitas vezes. Aliás ore o tempo todo, sem formalidades. Você fala com Deus como fala a um amigo (Não esquecendo que Ele é Senhor).

      Faça assim, um dia de cada vez. Quando as coisas começarem a mudar no seu coração, NATURALMENTE sua vida e as coisas a sua volta vão melhorar. Ainda que de fato não melhorem, certamente você verá de uma perspectiva diferente.

      Leia os Evangelhos, Salmos de Davi, as cartas de Paulo e as epístolas. Leia principalmente sobre o Amor e o perdão. Mergulhe mesmo! Deus vai falar com você. Faça tudo sem pressa e ansiedade.

      Esqueça os outros e do que você acha que precisa. Tudo que acontece no mundo físico é fruto do espiritual. Agora você precisa de Deus. Por isso foque Nele!

      Certamente o sentimento de culpa, as acusações do diabo, as decepções da situação diante dos olhos continuarão por um tempo e talvez até piore, pois o diabo joga sujo mesmo. Porém, você precisa ser firme e manter o foco nas coisas que estou lhe falando.

      No mais é lutar, resistir, perseverar, combater o bom combate, fortalecer a cada dia sua fé e buscar cada vez mais o Senhor.

      Desejo de coração que você faça o que estou lhe falando, pois conheço o Deus que sirvo e Ele é poderoso para lhe dar esperança.

      Mande notícias!

      Paz

      Pr. Luciano Thomé

      Responder
  • Rosenilda Melo Da Silva
    21 de junho de 2015 18:55

    Amei essa Palavra. Estava precisando entender como viver na dependência de Deus, pois ultimamente algo vinha me incomodando. Me perguntava o que eu deveria fazer para agradar a Deus. Deveria seguir as regras, estudar a Bíblia , orar e frequentar assiduamente a igreja? Eu fazia tudo isso, mas ainda sentia como se Deus estivesse muito distante e pior, me perguntava porque Ele não se revelava a mim embora eu tivesse certeza do seu amor. Ainda não cheguei a intimidade com Ele que busco, mas não desistirei. Sei que ainda o conhecerei por mim mesma e não de ouvir falar. A sua palavra me ajudou muito nesse processo. Obrigado!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu