A Vergonha do Evangelho da Prosperidade

Artigos
Nenhum comentário

Começo este artigo partilhando e concordando com a opinião de Jonh Piper sobre o assunto, por isso digo com todas as letras que odeio o evangelho da prosperidade! Não há algo tão asqueroso e enganoso na igreja cristã do nosso país do que essa praga que entroniza mamom e pressupõe que pode rebaixar o Deus soberano a um servidor de milagres e bênçãos, tolo engano, o Senhor continua Soberano e Todo Poderoso!

Cristo nunca pregou nada que se assemelhasse ao que vemos hoje, Ele nunca disse que seriamos abastados financeiramente, nunca disse que era promessa de Deus nos dar mais do que comida, bebida e roupa, no entanto, é claro que creio que Deus pode nos dar muito mais do que isso, porém não é o que promete a todos, devemos receber qualquer coisa além das necessidades básicas como benção e resultado do amor d’Ele por nós. Mas o evangelho da prosperidade ensina algo muito diferente.

Tantas e tantas pessoas em nosso país estão enganadas neste evangelho da prosperidade, achando que servem a Deus, mas servindo a um demônio chamado riquezas, dinheiro, mamom. Quando alguém chama pessoas para virem a Cristo porque Ele resolverá os problemas financeiros, porque Ele vai tirar da miséria, porque Ele vai reverter a falência, porque Ele vai dar tudo do bom e do melhor, porque Ele vai dar cem vezes mais do que foi ofertado em uma fogueira santa, porque Ele vai prosperar a empresa e fazer com que seja respeitado, porque Ele vai mudar a condição de desempregado para empresário de sucesso, porque Ele vai mudar a sua vida financeira, além de tantas outras coisas absurdas que me custariam muito espaço em detalhar; os que atendem esse chamado não estão vindo ao evangelho verdadeiro que é escandaloso, que não é compreensível e desejável ao homem natural, estão vindo a um falso evangelho, prontos a serem novos discípulos de mamom.

Ver pessoas todos os dias na televisão pregando esse lixo e fazendo com que essa mentira abominável seja passada ao país como o evangelho de Jesus Cristo é algo que deveria fazer todos os cristãos verdadeiros sofrerem e, principalmente, moverem-se a julgar pela Palavra e ir contra esse erro. Muitas pessoas estão indo diretamente ao inferno, mesmo indo a igrejas mais de três vezes por semana, participando de campanhas e mais campanhas, estão cegas e acham que enxergam, dizem-se salvas, mas não sabem nem de que estão salvas, acham que foram salvas da miséria, não tem a mínima ideia da depravação humana, da Justiça de Deus satisfeita em seu filho para que um Deus santo pudesse perdoar pecadores, não sabem e nunca experimentaram o arrependimento verdadeiro, não sabem que Deus, em Cristo, nos salva d’Ele mesmo em sua Ira.

Esses mentirosos ajuntam tesouros na terra e ainda fazem as pessoas acreditarem que isso é um sinal da benção de Deus, são como os fariseus aos quais Jesus dirigiu palavras de reprovação. Estes lobos em pele de cordeiro não entram no Reino de Deus e não permitem que as pessoas entrem, são guias cegos, cegados pelo diabo, guiados pelo seu deus, mamom, por meio desta aberração chamada evangelho da prosperidade.

É uma vergonha o que vemos em nosso país, como cristão eu tenho vergonha porque não vejo a igreja verdadeira e santa de Cristo, levantar-se no Poder do Espírito contra essa doutrina de demônios, contra esses espíritos enganadores que estão ministrando de cima dos púlpitos e em emissoras de TV e rádio, ensinado estas doutrinas nojentas do evangelho da prosperidade. Não estou dizendo que não existem vozes de Deus, creio que existem e muitas, muitos dos 7.000 que não se dobraram a mamom, o baal de nossos tempos, todavia, creio que precisamos gerar em oração diante do Senhor um avivamento da Palavra e de Poder que coloque esse país de cabeça para baixo, assim como a igreja primitiva fez como mundo antigo.

As pessoas precisam ouvir a verdade, não podem achar que esse lixo (o evangelho da prosperidade) é o evangelho de Jesus, e para isso, Deus conta comigo e com você que lê esse artigo, por isso peço que divulgue-o o máximo que puder, vamos tomar a Verdade da Palavra de Deus como espada nas mãos e destruir essa obra do diabo em Nome de Jesus. Só a Verdade da Palavra de Deus pregada com autoridade pode libertar, preguemos e anunciemos o verdadeiro evangelho que, assim como diz Paul Washer, ensina que a pessoa tem que vir a Cristo por causa de Cristo e nada mais, todo o restante das bênçãos é conseqüência de amor do Senhor para conosco.

Se você está lendo este artigo e chegou aqui com raiva de mim por crer nessas doutrinas falsas de evangelho da prosperidade, me perdoe, pois minha intenção não é te ofender, mas também não tenho compromisso em te agradar, tenho de agradar ao Senhor. Infelizmente não posso te convencer, apenas o Espírito Santo pode e Ele faz isso segundo a soberania de Deus. Mas se você tem crido nesse engano e chegou até aqui com algo gritando em seu coração, se essa Palavra entrou em você, provavelmente Deus está abrindo seus olhos, sua mente pode estar reclamando, todavia seu coração está ardendo, então vá para a bíblia, leia os evangelhos, leia o novo testamento e o Senhor completará a obra, a Verdade te libertará, você verá que o evangelho da prosperidade não se sustenta diante de uma leitura simples e sincera das Escrituras. Coloco-me a disposição para ajudar no que você precisar.

Termino este artigo com duas citações do Apóstolo Paulo, uma afirmação de John Piper e outra minha:

“Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja anátema!” Gálatas 1:9

“Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja anátema!” Gálatas 1:8

“Eu odeio o evangelho da prosperidade” John Piper

Deus abençoe, com Amor,

Raphael Pereira de Melo

Comentários do Facebook

Post anterior
Um Convite ao Sofrimento
Próximo post
O Falso Evangelho no Brasil

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu