fbpx
Sistema Evangélico Falido

Sistema Evangélico Falido

Artigos
2 Comentários

“Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos.” II Timóteo 4:3

É fácil entender o porquê de igrejas cheias de crentes vazios do Evangelho, sem propósitos e que não estão nem aí para o Reino de Deus e sua justiça como prioridade.

O horrível cenário formado diante dos nossos olhos compõe-se, basicamente, da junção de três pilares:

1 – Charlatão que denomina-se pastor, que não está nem aí para as pessoas que frequentam seus cultos. Se interessa apenas que elas abram suas carteiras para que mantenham sua vida, enquanto ele às engana.

Mercadores da fé, que buscam ao máximo subtrair do Evangelho, sem o mínimo compromisso com o reino de Deus. Dessa forma, montam estratégias para atrair pessoas somente com a intenção de aumentar a arrecadação. Tratam a igreja como empresa e “vendem” fé para obtenção de lucro.

2 – Igreja (instituição) moldada para agradar os visitantes.

Em nossos dias, toda igreja que deseja ter “sucesso”, enchendo seus cultos, sabe que o principal investimento precisa ser feito no louvor. Vale a pena gastar dinheiro com aparelhagem de som, instrumentos, luzes, fumaça e músicos de qualidade.

Outro dia, num café de pastores, ouvi numa conversa que valia a pena pagar 20 mil reais para uma tal cantora porque “ela enche a igreja e a arrecadação do culto supera o valor investido”.

A lógica é, se o louvor for bom e mexer com o emocional das pessoas, “sucesso” e igreja cheia está garantido. A pregação pode ser “água com açúcar” ou mesmo conter pequenas heresias que pouca gente notará ou se importará. Afinal, o louvor é bom! Enquanto isso, Hinos da harpa resistem nas igrejas históricas, cada vez mais vazias, perdendo seus membros, principalmente jovens, para as novas igrejas e seus cultos show.

3 – Pessoas que estão dentro da igreja e longe de Deus

Paulo disse claramente ao seu discípulo Timóteo que chegaria um tempo em que alguns não suportariam a sã doutrina e iriam atrás de mestres que satisfariam suas vontades, que falariam os que elas querem ouvir e é isso que todo esse circo dos horrores representa.

Todo esse mercado gospel da fé, montado por igrejas, busca atrair pessoas para seus cultos show. Tais igreja, normalmente, são lideradas por pastores que buscam chamar a atenção para si ou para a denominação, tornando-se, segundo o Evangelho, um referencial negativo.

A Bíblia diz que Deus saturou-se dos absurdos que aconteciam nas cidades de Sodoma e Gomorra, trazendo sobre elas total destruição. É tempo do Senhor purificar sua igreja através da perseguição que virá e, nesse tempo, veremos a diferença do que serve para o que não serve. Não vai demorar para todo esse circo vir abaixo e muitos se acharem como os da igreja de Laodicéia… pobres, cegos e nus.

Não se engane! Estamos diante de um sistema evangélico falido, que nada tem da essência do Evangelho de Jesus Cristo.

Graça e Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado!:-)

Comentários do Facebook

Post anterior
Escolha a Profundeza
Próximo post
Fidelidade

Posts Relacionados

No results found

2 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu