Prostituição Evangélica

Artigos
7 Comentários

“Se um homem se divorciar de sua mulher, e, se ela, depois de deixá-lo, casar-se com outro homem, poderá o primeiro marido voltar para ela? Não seria a terra totalmente contaminada? Mas você tem se prostituído com muitos amantes e, agora, quer voltar para mim?”, pergunta o Senhor. “Olhe para o campo e veja: Há algum lugar onde você não foi desonrada? À beira do caminho você se assentou à espera de amantes, assentou-se como um nômade no deserto. Você contaminou a terra com sua prostituição e impiedade. Por isso as chuvas foram retidas, e não veio chuva na primavera. Mas você, apresentando-se declaradamente como prostituta, recusa-se a corar de vergonha. Você não acabou de me chamar: ‘Meu pai, amigo da minha juventude, ficarás irado para sempre? Teu Ressentimento permanecerá até o fim? ’ É assim que você fala, mas faz todo o mal que pode.” Jeremias 3:1-5

 Todo cristão tem uma aliança com Deus. A bíblia fala em casamento entre Cristo e sua Igreja.

A igreja, ao contrário do que muitos pensam, não são paredes e sim pessoas. Cada cristão é igreja de Cristo, templo do Espírito Santo. O que fomos acostumados a chamar de igreja, na verdade é um lugar de culto.

Portanto sendo igreja, corpo de Cristo, noiva do cordeiro, temos um compromisso sério com Ele que tem por base santidade, fidelidade e amor, entre outras coisas.

O texto de Jeremias encaixa muito bem com o que vivemos hoje. Afinal, a relação de Israel com Deus reflete muito o relacionamento que a igreja de hoje tem com Cristo. Hebreus 3 e 4 faz essa comparação muito bem.

O que as escrituras sagradas afirmam ser prostituição para com Deus é justamente a quebra desses compromissos. Prostituição bíblica é colocar outras coisas a frente de Deus em seu coração.

Visível é, claramente, que a prostituição tomou a igreja de tal forma que tudo se torna mais importante do que Deus. Como o texto fala no versículo 1, a igreja tem se prostituído com muitos amantes.

“Cristãos” cada vez mais egocêntricos, incapazes de olhar para o próximo e muito menos priorizar o irmão como Jesus manda nas escrituras. Esqueceu-se que a marca do Cristão é o amor!

“Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. João 13:35

A verdade é que bem profetizou Jesus dizendo que nos últimos tempos o amor de muitos se esfriaria (Mateus 24:12). Cada um correndo atrás dos seus interesses e inconscientemente vivendo como nos dias de Noé, ou seja, comendo, bebendo e se divertindo (Lucas 17:26-27).

No versículo 2 do texto de Jeremias, Deus diz: “Há algum lugar onde você não foi desonrada?”

Por todos os lados pode-se ver a prostituição na “igreja”. Cada um buscando seus interesses, falando coisas em nome de Deus sem Ele ter falado nada só com o intuito de iludir as pessoas e arrancar mais e mais seu dinheiro. Pastores e levitas levando vidas íntimas fora do casamento. São mentirosos, gananciosos e maus. Por outro lado, temos um povo histérico atrás de profecias ridículas que em nada edificam suas vidas e o reino de Deus. É o circo dos horrores.

Há muito tempo já não existe temor no coração desses ímpios. Como diz no versículo 3 do texto de Jeremias, suas caras já nem coram mais de vergonha. Satanás com seus comandados dominam facilmente esses corações que, assim como seu mestre, só pensam em bens matérias, fama e poder. O pior é que tem conseguido arrastar muitos nisso. Cada vez mais tem conseguido dividir o corpo de Cristo colocando igrejas contra igrejas, disputando o povo como um propriedade ou um pedaço de carne. Pensam que quanto maior o “ministério” (que traduz-se em cada vez mais membros e templos) mais Deus estará com eles. Ah! como estão enganados.

Por fim, como diz no versículo 4 e 5 do texto de Jeremias, clamam a Deus buscando salvação ou ajuda, mas não param de praticar o mal.

A bíblia é clara em dizer que “Deus é luz; nEle não há treva alguma”(I João 1:5). Esses anticristos que se alicerçam da fé para fazer horrores não sabem que de repente, subitamente, serão arrancados da terra e já não haverá mais salvação (Salmos 73:18-20).

Amando(a) não caia nessa cilada. Abstenha-se da prostituição! Deus vê todas as coisas, vasculha o mais profundo do coração e sabe onde nascem todas as suas intenções. Tenha o Senhor como seu amado acima de tudo e busque preservar o compromisso de amor, fidelidade e santidade que há entre você e Deus, pois Ele certamente cumpre Sua parte.

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S. Deixe seu comentário abaixo, tire suas dúvidas e sugira assuntos para os próximos artigos.

Comentários do Facebook

Post anterior
Dízimo e Oferta
Próximo post
Cristo e as Águas de Marte

Posts Relacionados

7 Comentários. Deixe novo

Não é à toa que Jesus já advertia sobre a porta estreita…Cada dia mais pessoas deixando o Evangelho são em procura de pirotecnias e, para essas, quanto mais, melhor. Não se satisfazem com o culto racional, e se deixam iludir pelas loucuras desse mundo que jaz no maligno. O fim dos tempos bate à porta, Jesus breve volta…Quem se salvará? Que Deus tenha misericórdia de sua igreja…

Responder

Poderosa Palavra Pastor! MT 6.33-34 – Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o reino de Deus e aquilo que Deus quer e ele lhes dará todas essas coisas. Por isso,não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.

Responder
francisco frança
13 de outubro de 2015 18:34

Em minha cidade no Piauí muitas denominações estão sendo abertas, muita divisão, muitos pastores e os servos onde estão? Ninguem quer ser servo.
Essa quantidade de “minha igreja“ como alguns chama, o que vc acha?

Responder

    Olá Francisco!

    O que eu acho? Pois é, eu acho que só existe um dono da igreja e é Cristo.

    Lá na parábola de João 10, nos pastores somos a figura do porteiro que abre a porta (Jesus) para que as ovelhas entrem, saiam e siga a voz do verdadeiro pastor delas que é Jesus.

    Todas as pessoas, de qualquer denominação, são de Cristo. Ele que deu o sangue por elas.

    No mais são ladrões e salteadores que querem o rebanho sob suas garras para encherem os ventres. Não acreditam que quem os sustentam é Deus. Aliás conhecem muito pouco do Deus que dizem servir.

    Paz!

    Pr. Luciano Thomé

    Responder
Maria Conceição
14 de outubro de 2015 13:17

muitas igrejas sendo abertas em nome de Jesus, em nome da salvação, mas o que prevalece na realidade é o poder monetário, deixando assim a salvação em segundo plano.

Responder
Rosenilda Melo Da Silva
30 de novembro de 2015 15:17

Verdade. Muitas igrejas têm se tornado shopping e os fiéis tão somente clientes!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu