fbpx

Porque Fui Usado Para Fazer Milagre, Sou de Jesus?

Artigos
7 Comentários

Então Jesus atravessou novamente o Jordão e foi para o lugar onde João batizava nos primeiros dias do seu ministério. Ali ficou, e muita gente foi até onde ele estava, dizendo: “Embora João nunca tenha realizado um sinal miraculoso, tudo o que ele disse a respeito deste homem era verdade”. E ali muitos creram em Jesus. João 10:40-42

Resolvi escrever esse artigo para alertar as pessoas que medem o ministério de alguém pelos “sinais/milagres” que fazem.

Dons ou Frutos?

As escrituras são claras em dizer que todo dom vem de Deus (Tiago 1:17). Portanto se alguém, em algum momento, é usado na manifestação de algum dom do Espírito, não pode vangloriar-se disso.

As escrituras descrevem falas diretas de Jesus dizendo que o cristão é conhecido pelo fruto (Mateus 12:33) e não pelo dons manifestados. O sinal de que estamos agradando Deus é ratificado nas nossas atitudes.

Os Milagreiros

Hoje temos muitos “milagreiros” fazendo sucesso dentro das igrejas. Na cabeça dos crentes quanto mais milagres mais unção. Daí o que vemos são igrejas cheias de “profetas”, “ungidos”, ou sei lá mais o quê seguidos por “fãs”.

Diante de um povo, como Tomé, que só acredita vendo, estão os lobos aproveitadores do rebanho com suas garras mais que afiadas, fazendo seus shows para impressionar o público que depois os seguirão para onde forem e darão a eles o que pedirem. Lembra o profeta do Orkut? Procure no Google esse charlatão para entenderem o que estou dizendo.

Temos cultos para todo gosto, transformados segundo a moda do freguês (crente). Basta colocar um “profeta ungido” fazendo muitos “sinais e maravilhas” e pode contar que o templo ficará lotado. Muita baboseira e nada de Evangelho.

Pessoas enganadas, maravilhadas com o menos importante, sem Evangelho e indo para o inferno. Segundo as escrituras, os dons cessarão e só o amor permanecerá (I Coríntios 13:8). Quem pode nos ensinar o amor de Deus senão o Evangelho?

Para que serve os sinais?

Jesus, na grande maioria das vezes, não deu tanta importância assim para os sinais, tanto que nunca fez questão que eles fossem divulgados. Os sinais servem para chamar a atenção dos que veem, com a única finalidade de prepará-los para a pregação do Evangelho. Jesus nunca fez um milagre que não fosse seguido da pregação do Evangelho. Jesus sempre repreendeu aqueles que queriam fazer um “show” do milagre feito por Ele.

Jesus foi claro quanto a sua missão: Chamar pecadores ao arrependimento (Marcos 2:17).

Nada vai adiantar ser liberto de demônios, ser curado de doença, não sentir dores no corpo, não ter caroços, ou qualquer outra coisa que podemos chamar de milagre se não acontecer o maior de todos os milagres que é a Salvação pela Graça. Lembra da passagem dos dez leprosos? Os dez foram curados, mas somente um foi salvo.

Para que serve os sinais se não há pregação do Evangelho? Afinal, sinal é para sinalizar alguma coisa.

João Batista

Quem foi João Batista? Jesus deu pessoalmente um testemunho sobre João: “Digo-lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele.” (Mateus 11:11).

No texto do início do artigo, diz que João Batista nunca realizou um milagre sequer e recebeu de Jesus este testemunho. Daí vem a pergunta: Fazer milagre é um parâmetro para alguém que serve a Jesus?

João Batista foi o maior dos nascidos de mulher por dois simples motivos: Entendeu o propósito de Deus para a sua vida e gastou ela obedecendo à vontade de Deus. Ele não quis saber se viveria num deserto, se suas roupas seriam humildes, se não teria variedade de comida, se agradaria às pessoas a sua volta e muito menos as consequências resultantes da sua atitude. O importante era que o Senhor crescesse ainda que ele tivesse que diminuir.

O texto do artigo ainda diz que somente por ele pregar a verdade sobre Jesus, mesmo depois de morto, levava pessoas a Cristo.

Conclusão

Diante disso podemos concluir algumas coisas:

  1. O maior milagre de todos é a Salvação. Poucos têm alcançados esse milagre, pois esse milagre gera frutos inconfundíveis como negação de si mesmo, vida para Deus, santidade, satisfação em Deus e não nas coisas. Aquele que entende a Graça de Deus é arrebatado a um estilo de vida, onde o único desejo que tem é agradar Deus através de fazer a sua vontade para vê-Lo glorificado.
  2. Não podemos esquecer que o diabo faz sinal para enganar, se possível, até os escolhidos. Sem contar que conhecendo os corações interesseiros desses “profetas ungidos”, Deus permite que o diabo haja com espírito de engano. Se o coração desses “milagreiros” tiverem intensões impuras e egoístas, certamente quem estará por trás dos sinais será o diabo.
  3. Esse show de “milagres” sem pregação do Evangelho que vemos por aí nas igrejas tem levado pessoas a um sobrenatural longe de Deus. Cada vez menos se têm interesse em Deus e mais nas coisas que Ele pode fazer (João 6:26-27). Amados, o que é a cura de um caroço (se é que podemos chamar isso de cura) perto da Salvação?
  4. Poucos querem viver no anonimato fazendo a vontade de Deus. Eles buscam louvor de homens e não de Deus.
  5. O que vemos nos nossos dias é perda de foco, perda do alvo. Poucos sabem o propósito pelo qual foram chamados e, quando sabem, um número ainda menor obedece a vontade de Deus para sua vida.

Para finalizar, quero deixar claro que creio nos dons e em milagres, inclusive já tive algumas experiências. Creio que os dons devem ser buscados sabiamente, mas todos eles devem ser usados para Glória de Deus e pregação do Evangelho e nunca, NUNCA MESMO, serão maior que o amor que vem do Evangelho.

Enfim, temos que parar tudo, deixar a histeria, voltarmos para o Evangelho e entender o que realmente faz diferença para Deus na vida de um Cristão.

Paz!

Pr. Luciano Thomé

Comentários do Facebook

Post anterior
Qual é o Seu Propósito em Seguir Jesus?
Próximo post
A Soberba de Nabucodonosor

Posts Relacionados

7 Comentários. Deixe novo

  • Que bênção meu irmão, uma mensagem abençoadora e desafiadora também, gloria a Deus, que o Espírito Santo possa conduzir o máximo de pessoas possíveis a se alimentar deste puro e saudável Alimento Espiritual.

    Responder
  • Sevrino Eneas de Sousa
    26 de março de 2015 17:41

    Olá Pr. Luciano que a paz que vem Cristo esteja com você.
    Olha eu não sei qual denominação você congrega, mas eu concordo com você. Tudo que você falou é verdade. Hoje existem igrejas que são um verdadeiro curandeirismo, um espiritismo moderno. Eles trocam a letra da musica, mas não trocam o ritmo. As igrejas estão virando comercio e a pessoa só recebe o milagre se pagar. É lamentável.

    Responder
  • walmira Rodrigues
    1 de maio de 2015 06:37

    Que mensagem clara, pastor. É a mais pura verdade.

    Responder
  • Pura verdade! Muitos estão só atrás das bênçãos e não querem saber do abençoador. Isso é muito triste. Que Deus continue tendo misericórdia,

    Paz

    Responder
  • Eliane A.A. martins
    6 de agosto de 2015 09:47

    Olá Pastor Luciano, paz do Senhor!

    É pura verdade, concordo com vc. As pessoas estão mais atrás de sinais e maravilhas do que unção. Elas se esquecem que quem salva é Cristo. Temos que buscá-lo com sinceridade no nosso dia a dia.

    Responder
  • Amem.que Deus continue abençoando sua vida.

    Responder
  • A paz do senhor;uma bênção esse texto,fico feliz em vê alguém com tanto entendimento da palavra.
    Que o senhor possa me mandar mais texto.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu