fbpx

O Melhor do Seu Amor Para Deus

Artigos
Nenhum comentário

“Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim;” Mateus 10:37

Quando alguém lê esse texto chega, pelo menos, a três conclusões. Consequentemente, baseado nas conclusões, tomam atitudes diferentes em cada uma delas, sendo que só uma conclusão e só uma atitude é a correta.

Vamos lá…

1 – Deus é egocêntrico, não vou deixar de amar meus pais para amar um Deus desse.

A conclusão aqui é de um Deus, extremamente egoísta, que deseja que você abandone sua família para servi-Lo. Dessa forma, com esse pensamento, a pessoa que ama sua família acaba por não querer servir a Deus nessa condição.

2 – Vou amar a Deus e deixar minha família para lá.

A outra conclusão é o oposto dessa, ou seja, a pessoa larga mesmo sua família para lá e passa a dedicar todo seu tempo a “obra de Deus”. Nesses casos, acontecem muitos conflitos familiares entre pais e filhos, maridos e esposas e por aí vai.

Jesus, em Mateus 15:1-9, condena os fariseus por um ensinamento dado por eles que tem muito a ver com essa situação. Veja abaixo:

“Então alguns fariseus e mestres da lei, vindos de Jerusalém, foram a Jesus e perguntaram: “Por que os seus discípulos transgridem a tradição dos líderes religiosos? Pois não lavam as mãos antes de comer! ” Respondeu Jesus: “E por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da tradição de vocês? Pois Deus disse: ‘Honra teu pai e tua mãe’ e ‘quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe terá que ser executado’. Mas vocês afirmam que se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é uma oferta dedicada a Deus’, ele não é obrigado a ‘honrar seu pai’ dessa forma. Assim vocês anulam a palavra de Deus por causa da tradição de vocês. Hipócritas! Bem profetizou Isaías acerca de vocês, dizendo: ‘Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Em vão me adoram; seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens’”.” Mateus 15:1-9

Veja que os Fariseus ensinavam que se fosse para servir no templo, os judeus poderiam deixar de fazer por seus pais. Cuidado que em nossos dias, em algumas igrejas, existem uma pressão grande da liderança sobre os membros na questão “fazer a obra de Deus” e muitos atuam da mesma forma que esses fariseus atuavam, ou seja, dando pouca importância para a família das ovelhas.

3 – Deus me ama e sabe que o melhor para mim é amá-Lo, contudo devo ainda assim amar minha família.

Por fim, temos a conclusão correta do texto bíblico em questão.

Na verdade, Deus nos chama a amá-Lo acima até mesmo dos nossos familiares. Deus não é egocêntrico como alguns pensam, ao contrário, Ele sabe que o melhor para nós é amá-Lo e cheios do amor Dele em nós, vamos amar os nossos com mais intensidade e verdade.

Outra verdade é que nada e ninguém (incluindo nossos familiares) pode ser impedimento para servirmos a Deus. Porém, mesmo que haja uma resistência por parte deles, nós que somos cristãos, temos o dever de tratá-los com todo o amor necessário. Como está escrito: “Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.” Romanos 12:21.

Então, entenda que o texto fala de prioridade e todo o cristão com o mínimo de conhecimento sabe que o maior dos mandamentos é amar Deus sobre tudo e todos, mas também sabe que o segundo maior é amar o próximo como a nós mesmo. Dessa forma, nossos familiares, amigos e qualquer outra pessoa, devem ser amados com toda excelência do amor que temos recebido de Deus.

Para terminar esse artigo, deixo-lhe um texto para reflexão:

“Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente.” 1 Timóteo 5:8

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

Comentários do Facebook

Post anterior
O Poder de Deus na Loucura
Próximo post
A Vergonha do Pecado

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu