fbpx

O Falso Evangelho no Brasil

Artigos
Nenhum comentário

O que é necessário para o falso evangelho?

Como fazer para ser um grande líder do falso evangelho?

Primeiro, é necessário que as pessoas preparam-se! Elas tem que ter a capacidade de usar versículos isolados e distorcê-los, além de aparentarem-se totalmente bem-sucedidas em todas as áreas. Elas ficam firme e chamam todo mundo que fala contra o que fazem de fariseus preguiçosos. Lembram sempre que eles não podem julgar. (Só elas podem!)

Em segundo lugar, mostram apenas algumas características de Deus que agradam o ego das pessoas, como: “… Deus é amor” (I João 4: 8); “Mas tu, Senhor, és Deus compassivo e cheio de graça, paciente e grande em misericórdia e em verdade.” (Salmo 86: 15) ; ocultam as que não agradam como: “Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, que é e que há de vir.” (Apocalipse 4: 8, ARA) e tentam tornar Deus em um velho bondoso e fraco, mais ou menos como o papai Noel. Jamais como o Rei dos reis, Senhor dos senhores e o justo Juiz. Além disso, elogiam bastante a pessoa nesta etapa, fazendo com que em nenhum momento se sinta intimidada pela pregação. Bajulam bastante mesmo! “Você é uma pessoa inteligente, capaz…”

E o falso evangelho continua…

Em terceiro lugar, Oferecem motivos para as pessoas virem para Deus, como: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome” (João 1: 12). Se possível, mostram como Deus as tem abençoado materialmente. E enfatizam as bênçãos: “Se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos” (Deuteronômio 28: 2). Oultam a depravação total do homem e a justa condenação de Deus sobre o pecado, Como está escrito: “Não há nenhum justo, nem um sequer; não há ninguém que entenda, ninguém que busque a Deus. Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer. Suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganam Veneno de serpentes está em seus lábios Suas bocas estão cheias de maldição e amargura Seus pés são ágeis para derramar sangue; ruína e desgraça marcam os seus caminhos, e não conhecem o caminho da paz. Aos seus olhos é inútil temer a Deus”. (Romanos 3: 10-18). “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.” (Mateus 10: 28, ARA). Ou se falam em pecado, não intimidam a pessoa, afinal de contas dizem que “Julgar é muito feio”, esquecendo-se que a Palavra de Deus nos julga. Fazem questão de lembrar de maneira distorcida que “todos somos pecadores”. Não há necessidade de mostrar a gravidade do pecado, pois no falso evangelho isso não é interessante. E nem pensam em fazer a pessoa se sentir culpada pelos seus próprios pecados. Portanto, usam versículos generalistas e os amenizam, como: “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Romanos 3: 23)

Em quarto lugar, mostram que para a pessoa receber todos aqueles benefícios ela deve “aceitar” Jesus: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3: 16) “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.” (Apocalipse 3: 20). ocultam a loucura da pregação do Evangelho da cruz, já que o mesmo é muito sanguinário e a intenção não é ofender ninguém; por isso o falso evangelho é bem melhor.

Em quinto lugar, Fazem uma oração com a pessoa, de preferência a fazendo repetir palavras que ela nem tem ideia do que significam, mas lembram de afirmar que Deus vê o coração. Contudo não a deixam fazer uma oração que vem do coração dela, que teoricamente deveria estar arrependido.

Está aprendendo como pregar um falso evangelho?

E terminando com chave de ouro, afirmam categoricamente que a pessoa é salva, deturpando I João: “Aquele que tem o filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (1 João 5:12) Se esquecem que todo livro de I João foi escrito para saber se uma pessoa é salva ou não; e reduzem o “ter o Filho de Deus” em fazer uma oração.

Assim podem continuar pregando seu falso evangelho, com mais valor para as bênçãos de Deus do que para o Deus da bênção. Extorquindo as pessoas e tentando fazer com que todos acreditem que Deus é um garçom, que em todo momento deve estar pronto para nos servir bençãos. Esse tempo está chegando ao fim, nos dias que virão Deus julgará a sua igreja e somente os verdadeiros cristãos não negarão sua fé e permanecerão na presença de Deus.

O falso evangelho não vai prevalecer, isso vai acabar, tão certo como vive o Senhor!

Com amor, em Cristo,
Raphael Melo

Comentários do Facebook

Post anterior
A Vergonha do Evangelho da Prosperidade
Próximo post
Como Ler a Bíblia

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu