fbpx

O Evangelho e Suas Cinco Etapas

Artigos
1 Comentário

“Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego.” Romanos 1:16

Você sabe o que é o Evangelho? Ah! Pastor, Evangelho significa “boa notícia”. Exato, na literalidade significa mesmo. Porém, poucos conhecem ou experimentaram o Evangelho em toda sua essência. A obra da Graça, do qual o Evangelho fala, começa bem antes da conversão e não atentar-se para isso é perigoso demais para uma caminhada cristã genuína.

Muitos pregadores dizem pregar o Evangelho, mas em sua retórica falam pouco ou nada dele. Tantas são as pregações que nada carregam do Evangelho em si mesmas. Vou ao extremo em dizer que apesar de Jesus ser o Evangelho, alguns pregadores conseguem falar de Jesus sem falar do Evangelho. Parece impossível, mas é o que mais acontece.

Diante disso, resolvi escrever esse artigo para fundamentar, de maneira simples, a obra da Graça através do Evangelho.

Posso afirmar que, baseado no ensino de Jesus e dos apóstolos, ninguém vive ou prega o Evangelho verdadeiro, se não passar por esses cinco etapas.

1º Etapa: Consciência do pecado

A consciência do pecado é a constatação da dura e real situação que todo homem encontra-se diante de Deus (Rm 3:23). A impossibilidade de Deus compactuar com qualquer tipo de pecado (1 Jo 1:5) é assustador para homens que não fazem outra coisa a não ser pecar.

A triste realidade de saber que nada em si agrada Deus e que todas as coisas boas que fazemos é como trapo de imundícia diante do Eterno (Is 64:6), faz com que o homem caia em desespero.

Por amor, pelo Evangelho, Deus chama a atenção do homem para sua situação, levando-o a confrontar-se com Ele. É o confronto de um Deus santo com o homem pecador.

Portanto, NINGUÉM pode desejar achegar-se a Deus sem entender a degradação moral e física que vive. Esse é a primeira etapa!

2º Etapa: Arrependimento

O homem caído por causa do pecado, inimigo de Deus, entendendo que está destinado a viver a eternidade longe do seu criador, encontra-se agora em total desespero e arrependido clama por um salvador.

É por isso que o Evangelho é a boa notícia! Essa boa notícia é Jesus!

Jesus Cristo foi o salvador enviado por Deus para tirar o homem da tremenda enrascada que ele se encontrava. Deus, por amor ao homem, providenciou alguém para quitar sua dívida com Ele (Cl 2:13-15).

A única coisa que o homem precisa fazer é arrepender-se e crer em Jesus como seu possível salvador. É preciso, pela fé, acreditar que Deus aceitou o sacrifício de Cristo na cruz de forma que a ressurreição de Jesus dentre os mortos testifica isso. Dessa forma, acreditar na ressureição é um dos pilares do Evangelho (1Co 15).

Quando arrependimento e fé acontecem, imediatamente vem a próxima etapa.

3º Etapa: Conversão (Poder de Deus)

Essa etapa é instantânea. Algo inexplicável que Paulo chama de “Poder de Deus” (Rm 1:16). Rapidamente, num único instante, sem identificar o momento exato que aconteceu, Deus com poder atua no coração e algo brota de dentro para fora.

O lugar que outrora era seco, agora jorra água viva. Deus agora habita dentro do homem pelo seu Espírito (Jo 14:23).

4º Etapa: Busca pela santidade (Hb 12:14)

Uma vez consciente do pecador que é e agora arrependido, convertido a Cristo de todo o coração, segue-se a busca pela santidade.

Santidade é o estilo de vida de quem vive separado para Deus. O homem agora busca, dia após dia, distanciar-se do pecado e parecer-se cada vez mais com Cristo (Fp 3:13-14). É o processo de Santificação.

5º Etapa: Vida na vontade (propósitos) de Deus

Por fim, temos a 5º etapa que na verdade, acontece meio que paralelo ao 4º. Viver para Deus é estar o tempo todo fazendo a vontade Dele (Gl 2:20).

Agora o homem tem a responsabilidade de levar a mensagem do Evangelho para os que ainda não conhecem e isso é algo tremendo. Deus confia sua obra da Graça àquele que outrora era seu inimigo. De forma que quem vive, vive para Aquele que o amou (2Co 5).

Portanto essas etapas contemplam todo o Evangelho, a obra da Graça de Deus através do seu filho Jesus Cristo.

Um detalhe que não posso deixar passar é que essas etapas são acumulativas. O homem nunca pode esquecer que ele é pecador, que precisa se arrepender todos os dias, abandonar seus maus caminhos em busca da santidade e vida na vontade de Deus.

Espero que você tenha entendido essa verdade e passe a procura-las nas pregações que ouve de forma a identificar quem realmente tem compromisso com a pregação do Evangelho.

A bíblia diz que é o Espírito Santo que convence do Pecado, Justiça e Juízo (Jo 16:8). Como haverá convencimento se a pregação não confrontar o homem a isso?

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

Comentários do Facebook

Post anterior
Cada Dia é Um Motivo Para Glorificar ao Senhor
Próximo post
Qual a Sua Religião?

Posts Relacionados

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu