fbpx

O Deus Que é Todo Amor

Artigos
1 Comentário

“Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não lançando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação. Portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus.” 2 Coríntios 5:18-20

As escrituras manifestam em vários lugares a grandeza do amor de Deus, amor tal que Paulo chega ao ponto de dizer que causa constrangimento em nós.

Deus em Cristo estava reconciliando o mundo consigo mesmo. Como assim? Todos os homens, pela queda de Adão, encontravam-se separados de Deus e destituídos da Sua Glória por causa do pecado.

Imagine você, gostar muito de alguém e tentar se aproximar dessa pessoa. Porém, todas as vezes que você tenta se aproximar dela, falar coisas boas para ela, a pessoa te ignora e nem te agradece por nada, ao contrário, ainda debocha de você, fala mal e não reconhece nada do que você faz por ela. Talvez depois de tanto tentar insistir no contato e na amizade com a pessoa, depois de um tempo, você venha a desistir e deixar ela seguir o caminho dela.

Imaginou? Essa pessoa foi você. Assim era você para com Deus e ele não desistiu.

Talvez para alguns que estão lendo, pode ser que ainda sejam assim com Deus e isso é um desastre. Não continue dessa forma, Deus já providenciou tudo para sua reconciliação com Ele. Sem acusações, sem castigo, somente amor.

Por isso que o amor de Deus nos constrange (2 Coríntios 5:14). É um amor incondicional, não exige condições para amar. É o amor que tudo suporta, nada espera em troca. É o amor expresso na atitude, na verdade.

Deus nos amou quando ainda éramos pecadores e numa relação onde nada tinha a ganhar, pois nada temos para oferecer a Ele, foi lá é morreu por nós.

Como o texto diz: “não lançando em conta os pecados dos homens”, ou seja, não nos acusou de nada, simplesmente foi lá e, por amor, morreu por nós.

TUDO ISSO PROVEM DE DEUS!

Deus fez tudo sozinho. Quem ama com o amor de Deus não tem dependência para amar, ele vai lá, ama e pronto.

Particularmente, acho esse texto incrível e o contexto fala da obra do Evangelho de uma forma completa.

1. O homem afastado e irreconciliável com Deus, pois a maldade o impedia.
2. Deus mesmo ignorado e rejeitado, vem ao mundo para reconciliar o homem consigo mesmo.
3. Leva o homem ao arrependimento, o torna uma nova criatura a partir do Espírito e o recebe como fillho.
4. O homem passa a viver para Deus uma vida de fé, amor e obediência.

Acontece que a coisa mais linda desse texto é que depois disso tudo, Deus confia ao homem o ministério da reconciliação (“e nos confiou a mensagem da reconciliação”)

Você tem noção do que é isso?

Nós somos embaixadores de Cristo, a saber, representantes de Deus e o mesmo Deus agora continua a reconciliar o mundo com Ele através de nós. Isso é fantástico!

Antes afastado de Deus em pecado, agora leva a mensagem de reconciliação às pessoas sem Cristo. O que um dia precisou agora tem para dar às pessoas. É lindo!

Amado(a), seja sincero(a), você depositaria tamanha confiança em alguém que um dia foi teu inimigo? Pois é, só a Graça de Deus pode fazer isso.

Tamanha responsabilidade temos em levar o Evangelho diante de um amor grande como esse.

“E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” 2 Coríntios 5:15

Que paremos para pensar o quanto temos considerado isso em nossas vidas.

Paz!

Pr. Luciano Thome

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

Comentários do Facebook

Post anterior
Perdão Maligno
Próximo post
Abençoado Aborto Interrompido

Posts Relacionados

1 Comentário. Deixe novo

  • Esse artigo é maravilhoso; imprimir vários e distribuir para que outros possam ter conhecimento do amor de Deus por nós.parabéns pr. Luciano thome.abraços.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu