fbpx

De Início, Jesus. Por Trás, o Diabo.

Artigos
Nenhum comentário

Qualquer um que atualmente pensa servir a Deus, só por ouvir pessoas falarem em nome de Jesus, está correndo sério risco de servir ao diabo, sem saber.

Tal coisa acontece o tempo todo no Brasil. Está acontecendo agora mesmo. Onde?

Em qualquer lugar que distorça o Evangelho de tal modo que as características do “deus” anunciado sejam do Diabo, não do Deus que é um com Jesus, conforme revelado pelas Escrituras.

O príncipe das trevas deste mundo faz com que pessoas (algumas vezes mal intencionadas, outras não) falem em nome de Jesus, para que sejam ouvidas, contudo, a divindade que apresentam não tem nada a ver com o Deus de Jesus Cristo, mas sim com ele mesmo, o Diabo.

Essa aberração atrai interesseiros (que só desejam ter suas vontades satisfeitas e encontram nesses tipos de pregações um eco do que suas almas anseiam), mas também atrai pessoas sinceras, que desejam buscar a Deus (e que não têm menos culpa, pois não examinam o que ouvem, comparando com o que está nas Escrituras).

Tudo isso está perto de mim e de você. Está nas rádios, na televisão, na internet e provavelmente em lugares que todos reconhecem como igrejas, a menos de dois ou três quilômetros da sua casa.

Esse ser maligno, fantasiado de deus, e seguido, por ser anunciado em nome de Jesus, está sendo cultuado, adorado, imitado, admirado e amado por milhões de supostos “cristãos”. Tais são oprimidos por demônios, dia e noite, quando acham que estão andando com Deus. Isso é triste. Angustiante. Faz com que, mesmo em nossas terríveis dificuldades financeiras para continuar anunciando o verdadeiro Evangelho, conforme as Escrituras, não desistamos jamais de pregar e chorar, orando, diante do Deus das Escrituras, intercedendo por essas pessoas.

Lembra-se de quando o Espírito Santo levou Jesus ao deserto, para ser tentado pelo diabo?

Pois é, tudo o que Jesus recusou é o que está sendo oferecido em igrejas, em nome de Jesus, mas da parte do diabo. Não só aceitaram o que Cristo recusou, mas também oferecem o mesmo ao povo. Falam tudo o que Jesus não é, em nome de Jesus. Citam Jesus, mas a descrição do ser divino é a do tentador do deserto.

Ele foi expulso do deserto por Jesus, ao fim da tentação, mas voltou sorrateiramente e está dentro de milhares de igrejas, em cima dos púlpitos, dominando os altares.

Nunca se esqueça que não basta falar em nome de Jesus. É preciso dar testemunho de Jesus, que é a Palavra de Deus, conforme revelada pelas Escrituras. Se o nome de Jesus está, mas o Evangelho que Ele anunciou não, é muito provável que em tal lugar se esteja cultuando o evangelho de Satanás.

Com amor e lágrimas,

Pr. Raphael Melo

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo, compartilhe-o agora mesmo no Facebook e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado! 🙂

Comentários do Facebook

Post anterior
Por que você é Cristão?
Próximo post
Deus está aí

Posts Relacionados

No results found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu