Crente X Cristão

Artigos
12 Comentários

Você crê que existe um só Deus? Muito bem! Até mesmo os demônios creem — e tremem! Tiago 2:19

Então Barnabé foi a Tarso procurar Saulo e, quando o encontrou, levou-o para Antioquia. Assim, durante um ano inteiro Barnabé e Saulo se reuniram com a igreja e ensinaram a muitos. Em Antioquia, os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos. Atos 11:25-26

Escrevo esse texto para explicar a diferença gritante entre crente e cristão. Portanto, me acompanhe pelas linhas desse artigo e entenda essa grande diferença.

O significado da palavra crente é “aquele que acredita”. Portanto, qualquer coisa que uma pessoa acredita, faz dela um crente. Dando um passo a frente e relacionando a palavra crente com o tema religioso, podemos dizer que se uma pessoa acredita em Deus, é crente.

Pois bem, como diz o texto de Tiago 2:19, crer em Deus até os demônios creem e tremem. Ser só um crente, não faz de alguém aceitável a Deus. Sabe-se que sem fé é impossível agradar a Deus e a fé é inerente ao que crê.

A questão é que crer somente, não faz de ninguém um cristão.

A palavra cristão no original significa algo em torno de cristozinhos, miniaturas de Cristo ou alguém parecido com Cristo.

Ser cristão é um passo além de crente. Todo cristão é crente, mas nem todo crente é cristão. Cristão é aquele que parece com Cristo. Como o texto de Atos 11 diz, os discípulos de Jesus foram, pela primeira vez, chamados cristãos.

Por quê? Porque pareciam com Cristo. Pessoas que haviam estado com Jesus ou sabiam a forma de vida e atitudes Dele, identificaram as mesmas atitudes naqueles discípulos.

Ser crente é fácil! Ser cristão é mais complicado. Crente é a porta larga! Cristão é a porta estreita!

O cristão é aquele que anda como Cristo andou, nega-se como Ele se negou, ama como Ele amou, perdoa como Ele perdoou e por aí vai. Ele testemunha Cristo em tudo na sua vida. As atitudes espelham Cristo.

O que temos visto hoje são pessoas confusas em relação ao que são e muitos acham que basta ser crente e seguir sua vidinha medíocre longe de Deus só acreditando que Ele existe, fazendo orações vazias e que não expressam em nada o temor devido a Deus.

Essas pessoas esquecem que o modelo de justiça para Deus é Jesus. Acham que por simplesmente acreditarem em Deus, vão se livrar da ira vindoura. Dizem ser crentes em Deus, mas negam Cristo com em suas atitudes mundanas.

Deus vai identificar o cristão pelo modelo de Cristo. Cristo é a referência!

Quem não se assemelhar, nem de longe, com esse modelo vai ver cumprida na sua vida essa palavra profética de Jesus:

Alguém lhe perguntou: “Senhor, serão poucos os salvos?” Ele lhes disse: “Esforcem-se para entrar pela porta estreita, porque eu lhes digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. Quando o dono da casa se levantar e fechar a porta, vocês ficarão do lado de fora, batendo e pedindo: ‘Senhor, abre-nos a porta’. “Ele, porém, responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês’.” Então vocês dirão: ‘Comemos e bebemos contigo, e ensinaste em nossas ruas’. “Mas ele responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês. Afastem-se de mim, todos vocês, que praticam o mal!’” Ali haverá choro e ranger de dentes, quando vocês virem Abraão, Isaque e Jacó e todos os profetas no Reino de Deus, mas vocês excluídos. Lucas 13:23-28

Paz!
Pr. Luciano Thomé

Comentários do Facebook

Post anterior
Viver Para Deus
Próximo post
Será Mesmo?

Posts Relacionados

12 Comentários. Deixe novo

Rosangela santanna
1 de junho de 2015 17:17

Muito bom este esclarecimento. Existem pessoas que estão na instituição igreja, porem não tem comunhão com Cristo. Não sabem nem quem são e a quem servem, mas desejam ser servidas e atendidas em suas petições. Nem sabem também a diferença entre orar e simplesmente desejam pedir a Deus que lhes obedeçam, invertendo a ordens das coisas.

Hoje tenho certeza de ser cristã no sentido correto, negando minha carne, obedecendo a voz do Espírito e me transformando pelo entendimento da palavra.

Obrigado, pois seus estudos tem me ensinado muito. Sou grata a Deus por esse ministério. Que Deus possa continuar a honrar sua fé e atos em nome de Jesus, amém.

Responder

Meu Deus, forte!!!

Se eu não estiver sendo uma pessoa cristã, que o senhor Jesus em sua infinita misericórdia possa me transformar dia após dia.

Responder
Marcella Balesteiro
8 de junho de 2015 01:17

Muito bom este estudo, que venhamos a ser cada vez mais reconhecidos como cristãos e não como apenas crentes. Muitas pessoas não reconhecem a autoridade de uma pessoa que se diz apenas “crente”. Que venhamos a viver essa palavra em nome de Jesus.
Toda honra e glória ao Senhor Deus e ao Cordeiro Santo.
Que Deus possa abençoar esse ministério e que ele alcance muitas almas ainda.

Obrigado pela edificação!

Responder
Rosenilda Melo Da Silva
14 de junho de 2015 18:31

As vezes a diferença pode passar desapercebida quando estamos tão alheios a verdadeira vida no altar e no centro da vontade de Deus. Que Ele tenha misericórdia de nossas vidas e nos faça estar alerta para sermos verdadeiros cristãos.

Responder

Palavras que edificam. Jesus te abençoe ricamente.

Responder

Deus e maravilhosos

Responder
José Martins
4 de junho de 2017 11:55

Preciso aprender a ser cristão, pois crente eu já sou.

Responder
Apolinario Samuel
4 de junho de 2017 15:37

A Paz Pastor, interessante esse estudo, pois muitos confundem crente e cristao, peço que ajuda me em oracao de modo a ser um cristao. Quero imitar o meu Mestre (Jesus )

Responder
FABIANA GOMES DE BRITO
5 de junho de 2017 08:47

Oo que benção meu pai!! Obrigada Jesus!! Sejamos Cristãos!! Sejamos Cristãos!!

Responder
Quézia Borges
17 de junho de 2017 12:57

Amém!! Boa reflexão, sejamos a imagem de Cristo na terra!!

Responder
Valéria Rodrigues
18 de julho de 2017 22:39

Amém oh glória obgd por essa explicação linda

Responder

Parabéns pela interpretação
Gostei muito

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu