fbpx
Amor, Tempo e Morte

Amor, Tempo e Morte

Artigos
Nenhum comentário

“Então vocês verão novamente a diferença entre o justo e o ímpio, entre os que servem a Deus e os que não o servem.” Malaquias 3:18

Na curta vida que o ser humano tem neste mundo e entre todos os anseios que passam no coração, podemos talvez chamar a atenção para três desejos principais: amor, tempo e morte.

O ser humano tem necessidade de ser amado e faz qualquer coisa para que isso aconteça, até mesmo mendigar o amor de quem na verdade não está nem aí para ele.

O tempo também é muito desejado. Todo mundo deseja ter mais tempo com a família, momentos de lazer ou mesmo mais tempo para viver. Se você perguntar a um enfermo grave, tudo o que ele deseja é mais tempo.

Por fim, tem a morte que todos desejam fugir dela. Por mais difícil que a vida seja, ninguém deseja morrer e farão o possível para fugir deste destino irremediável a toda humanidade.

Contudo, quando olhamos para a vida de um cristão, nascido de novo em Cristo, percebemos que ele não tem a necessidade de ser amado porque já tem consigo a maior manifestação de amor que uma pessoa pode ter que é o amor de Deus. Ele não sente falta de ser amado por qualquer outra pessoa (apesar de ser bom). Ele não tem problema com o seu tempo de vida porque sabe que viverá eternamente. Por fim, a morte também não é um problema porque não o amedronta, já que ela o levará para o início de um novo tempo bem melhor do que o vivido aqui.

Diante disso, o cristão lida com amor, tempo e morte de uma forma totalmente diferente das pessoas que não tem sua esperança em Cristo.

O cristão não carece de ser amado porque já tem suficiência no amor de Deus. Ao contrário, ele derrama-se em amor ao seu próximo pelo transbordar de Deus que existe dentro dele. Ele não está preocupado com o tempo que tem e a necessidade de viver intensamente porque tem pouco tempo neste mundo. Dessa forma, ele dedica seu tempo ao outro e a Deus na pregação do Evangelho. Por fim, o cristão não foge da morte como a maioria, porque ele entende que a morte para o mundo é vida para com Deus e mesmo que a morte seja literal, não a teme porque o maior de todos os seus desejos é estar com Cristo.

Portanto, todo cristão verdadeiro é visto como louco por este mundo. Na verdade, é a clara diferença entre aqueles que tem esperança em Cristo, daqueles que não a tem. Enquanto todos estão preocupados em realizar seus sonhos, o cristão vive os sonhos de Deus.

Paz!

Pr. Luciano Thomé

P.S.: Por favor, se você gostou desse artigo, comente abaixo e compartilhe-o agora mesmo no Facebook, e seja instrumento de Deus para que mais pessoas sejam tocadas por essa mensagem. Muito obrigado!:-)

Comentários do Facebook

Post anterior
No Carnaval NÃO
Próximo post
Vida e Eternidade

Posts Relacionados

No results found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu